Generais ? não obrigado!

Tenho visto várias fotos e pequenos artigos (ver Fontes), demonstrando uma certa apologia a época da ditadura, mostrando a lealdade dos generais, suas vidas espartanas e como não deixaram nada para seus filhos, pois não roubaram nada do governo.
Bem, particularmente acho difícil comentar algo sobre estas notícias.
Primeiro porque não sei “realmente” se são fatos verdadeiros.. ou seja, não sei se eles ficaram realmente pobres ou deixaram uma pequena herança para seus familiares.
Segundo.. eles empobreceram não a si mesmos mas a nação, porque a conta deles pagamos durante a década de 80 e 90. Se você não nasceu na década de 70, pergunte aos seus pais e avós como eram as décadas de 80 e 90 em termos de produtos nos supermercados, inflação e salários. Ouça a resposta calmamente e você entenderá de forma bem simples porque eu menciono que “nós” (o povo) pagou a conta deles.

Além disto, eu também não tive meu pai ou parente morto dentro das prisões da ditadura. Mas sei que eles mandavam “recados” para alguns líderes de grupos ficarem quietos sobre determinados assuntos. Isto era dado por exemplo, para padres e pastores, para evitarem falar sobre alguns temas, que hoje são falados tranquilamente nas igrejas, tais como Libertação, liberdade, socialização, buscar direitos, etc.
Além disto, muitas das conquistas que os trabalhadores tem hoje não são fruto das época em que generais estiveram no poder.
Muitas coisas vieram depois que eles estavam saindo ou quase saindo, com as famosas “greves do ABC”. Exemplos: diminuição de horas semanais trabalhadas (eram 48), vale refeição e alimentação ou refeitórios nas empresas, forma de pagamento de horas extras.
Eu entendo a motivação por estes comentários sobre generais neste momento, mas EU particularmente não tenho nenhuma vontade de que eles voltem .

Castelo Branco foi brando e assumiu o poder diante de Golpe Militar. Para aqueles que são mais de “esquerda” vão dizer que ele tomou o poder do povo, pois não queria que João Goulart continuasse governando. Alguns um pouco mais radicais vão dizer que nós poderíamos ser como a China hoje.
Bem, primeiro o Golpe foi feito por vários motivos e os tempos eram outros. A aproximação com a
China era um deles. O outro era a Reforma Agrária.
Entendo que Reforma Agrária precisa ser feito, mas o direito da terra é importantíssimo.
E a China naquela época não passava de um lugar super atrasado, cheio de camponeses com um regime similar ao da Coréia do Norte hoje. A China só veio a mudar isto durante a década de 80 e mesmo assim porque estavam vendo que iriam morrer se não fossem atraentes ao capital estrangeiro e industrialização. Os norte-americanos e europeus gananciosos migraram suas fábricas para lá .. mas isto é outro assunto.. para outro post.
Então, avivando a memória um pouco, logo após Castelo Branco estar no poder, tínhamos ataques terroristas em pontes, rodoviárias, assaltos a banco para bancar a guerrilha (veja os links sobre as vítimas na seção de Fontes abaixo) . Alguns dos participantes destas “coisas legais” são deputados e lideres políticos hoje, mas no passado alguns, sequestraram o Embaixador dos Estados Unidos para libertar um grupo de presos políticos.. um deles chamado José Dirceu, não sei se vocês conhecem.
Castelo Branco era leve e sua intenção era devolver o poder de volta aos civis. Morreu em um acidente aéreo interessante. Um caça da FAB bateu no avião que transportava o presidente. Estranho não?!?
Com Costa e Silva, houve o endurecimento, incluindo o chamado Ato Institucional Nº5 . A motivação era o aumento dos problemas (atentados e crimes) citados anteriormente.
Mas este ato permitia que prisões fossem feitas de qualquer maneira e infelizmente, muita gente foi presa, algumas vezes simplesmente porque tinha simpatia por uma liberdade um pouco maior. E o pior é que estes sumiços das pessoas deixariam o caso “Amarildo” parecer brincadeira de criança.
Muitos de nossos pais e avós viveram durante esta época. Não podia se conversar nas esquinas em grupos que a polícia já vinha ver o que era. E o medo era grande porque se alguém fosse levado, por qualquer motivo, ficaria complicado provar que a polícia levou . Além disto, na tortura você confessa qualquer coisa!
Associações, agremiações e clubes eram vigiados. Sempre tinha alguém infiltrado, sondando .
Médici e Geisel foram na mesma linha, incluindo levar o povo a uma certa alienação com a Copa do Mundo (1970 e 1974). Esta prática foi repetida anos depois (que estranho, o governo que repetiu estas práticas não era militar).
Na época do Figueiredo existia a lista do “Superfluo /não superfluo” . Se algum produto era superfluo, os impostos eram altíssimos e o produto nem estava disponível nas prateleiras dos mercados. Se você acha que o preço do IPad ou de alguma roupa mais “legal” hoje, na época, seria considerado superfluo e você não conseguiria comprar ou o preço seria absurdamente caro, mesmo comparando com o preço hoje. Parece besteira, mas alguns sabonetes eram caros não por causa da qualidade, mas porque muito luxo era “supérfluo”.

A informação não existia. Se hoje sabemos de “sujeiras” – tanto na Oposição quanto no governo – é porque a imprensa é aberta. Naquela época, não sabíamos de nada porque nada, nada que fosse contrário ao governo era publicado, falado ou lido.

Estamos falando dos generais com certo saudosismo porque sabemos da sujeira do hoje, mas naquela época cada jornal tinha um censor . Em cada igreja, organização (ou associação de bairro) tinha um agente infiltrado como membro da igreja ou associação ou estudante apenas para vigiar os outros.
Pastores, padres e professores eram vigiados por agentes infiltrados. E dependendo do que fosse dito, o camarada seria chamado para “dar esclarecimentos”.

Estes generais atrapalharam nossa capacidade de discernir e de votar. Ficamos muitos anos com votações “falsas” e não votávamos para presidente. Uma ou mais gerações ficaram impedidas de analisar o processo eleitoral e por isto temos estas coisas que estão aí.
O fato deles não terem roubado pode ser até colocado como um ato nobre, mas na verdade o que temos que pensar é em estarmos atentos ao que acontece agora e tentarmos mudar as leis que permitem que corruptos continuem com seus mandatos, ou tenham facilidades.
Eu não quero ninguém controlando a notícia ou pensando por mim. Nós temos que pensar e temos que ter a nossa visão de cidadãos.
Não podemos deixar que esta “bandeira” dos generais seja elevada como uma ponte boa, porque na verdade não é.
Alguém já ouviu falar em Democracia nos quartéis? Eles são guardiões da Democracia. Eles são agentes de defesa de nossa soberania, mas eles não são governantes.
Se algum general quer ser presidente, peça baixa e candidate-se, mas não quero e nem desejo que eles voltem ao poder, porque na verdade o poder deles era de “mal de ferro” e este tipo de poder não me interessa.
Sei que fizeram coisas boas e tinham uma visão estratégica muito boa, mas eles impediram duas gerações de aprender a votar e selecionar seus representantes. E agora estamos com esta dificuldade nas eleições porque não sabemos votar. Além disto, eles criaram os governantes biônicos, os Malufs e a continuidade do Coronelismo no Nordeste, porque isto interessava para eles.
Não,.. eu não quero eles de volta !
Se quiser governar, dê baixa, filie-se a um partido e coloque suas propostas no programa eleitoral gratuito.

Generais? Não, obrigado!

P.S Sugiro que leiam os links abaixo.

Fontes:

– texto sobre generais é falso :
Link do texto sobre os genearais presidentes http://blog.opovo.com.br/blogdomourao/os-generais-presidentes/
Link com Esclarecimento sobre o texto de Carlos Chagas

Links diversos sobre o Golpe de 1964, sequestros, etc
http://www.infoescola.com/historia/golpe-militar-de-1964/

http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/FatosImagens/Golpe1964

Vítimas dos terroristas de 1964 a 1974

Pessoas mortas por terroristas de esquerda – Reinaldo Azevedo : muito interessante !

http://www.revistadehistoria.com.br/secao/capa/alem-da-versao-oficial
http://pt.wikipedia.org/wiki/Charles_Burke_Elbrick
http://www.infoescola.com/economia/economia-da-china/
https://archive.org/details/1967-FuneraisDoEx-presidenteCasteloBranco
http://culturaaeronautica.blogspot.com.br/2009/09/o-estranho-acidente-que-matou-o.html

Anúncios

Sobre Abimael Jr

Cristão evangélico pentecostal, membro e presbítero da igreja Assembléia de Deus. Doutorando em Engenharia Mecânica. Tentando falar um pouco sobre Deus, Jesus Cristo e nossa vida cristã diária. Mas também falando de vários outros assuntos como Tecnologia, Política, Sociedade, Cidadania, Sexo, Tabus e até do tempo (será que vai chover hoje?).
Esse post foi publicado em Política e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Generais ? não obrigado!

  1. Eu não quero os generais, precisamos aprender a votar, os que brigaram pelos nossos direitos, estão hoje no poder e fazendo tudo o que não deveriam fazer, metendo a mão no que não deveriam.Se os que brigaram pela democracia, governassem o país com a mesma paixão, seríamos país de 1º mundo hoje.Mas 1º não em corrupção, em falta de hospitais, em falta de vergonha na cara, em falta de estradas, em falta de bons programas para diminuir a pobreza, e assim por diante.Se Lula tivesse sido tão inflamado em brigar pelo Brasil, como fazia em seus discursos antes de se eleger, e se Dilma apontasse uma arma para cada ladrão que está no poder, com a mesma paixão que lutou na ditadura, seríamos um país muito melhor.
    Vamos aprender a votar, e os generais que fiquem longe do poder.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s