A conta da água vazou…

Apesar da minha falta de criatividade para o título deste post, a minha indignação não está em falta. Está nas alturas.

Verificando minha conta de água deste mês (julho de 2017), percebi que houve uma alteração bem significativa.

 

Tentarei explicar o que aconteceu.

Até maio de 2017, o consumo mínimo era de 10m³. Em junho de 2017 passou para 5m³.

Isto significa que tudo aquilo que gastamos entre 5  m³ será cobrado excedente.

Não haveria nenhum problema se o valor cobrado pelo consumo mínimo fosse a metade do valor cobrado para 10m³. E é aí que está o golpe (desculpe, não encontrei outra palavra) !!!!

Vou explicar com números:

O consumo mínimo anterior era 10m³. Por este consumo pagava 33.74 pela água e 28,68 pelo esgoto.

Agora o consumo mínimo é 5m³ e por este consumo paguei (06/2017) 32,72 pela água e 27,81 pelo esgoto.

O problema disto é que se você consome 8m³ por mês, ANTES  você não pagaria valores excedentes, ou seja, pagaria apenas 33,74 pela água e 28,68 pelo esgoto.

Agora, você pagará 32,72 pela água e 27,81 pelo esgoto MAIS os 3 m³ que excedem o mínimo.

Fazendo uma conta simples, o aumento foi de 97% pelo valor mínimo e ainda pagará o excedente que dependerá do que você consumir acima de 5m³.

Se você consumiu 12m³, você pagaria apenas o excedente de 2m³. Agora você pagará o excedente de 7m³. Então, neste caso, o valor excendente é muito maior.

Agora, justiça seja feita, os consumidores que pagavam o consumo mínimo de 5m³ foram beneficiados.

Esta resolução foi aprovada (homologada) pela AGEPAR – Agência regulatória do Paraná . O número é AGEPAR 003-2017 (veja nos links abaixo)

Eu entendo perfeitamente que há necessidade de ajuste de tarifas. Eu entendo que há necessidade de uma alteração no formato. O que é o mais problemático foi um ajuste muito abrupto.

O que mais impressiona é que a AGEPAR deveria auxiliar a população do Paraná, protegendo-a do abuso do poder econômico (ver abaixo em Sobre a AGEPAR), mas parece-me que não foi o que aconteceu.

Segundo a reportagem do G1/Paraná RPC, o aumento foi de 8,53%.  Bem…. o que vou dizer?!

Vamos aos números:

Se você da região de Curitiba consome 9m³, antes do reajuste você pagava o mínimo de 10m³  (água e esgoto) , você pagava 62.42.

Com o novo valor mínimo você pagará (ou já está pagando):

Consumo mínimo de 5m³  (água e esgoto): 60,53

Adicional de 4m³  (cada m³ excedente é R$ 1,89): 4 x 1,89= 7,56

Total: 60,53 + 7,56 = 68,09

Seu aumento foi  de 9%.

Mas se você consumia 10m³, seu valor total passou para 69,98, aumento de 12,11 %.  !!!!!

Pelo menos a população vai economizar água.!!

 

Links

Reportagem do portal G1  sobre o aumento tarifário

Agepar homologa Primeira Revisão Tarifária Periódica da Sanepar

Resolução homologatória

Sobre a Agepar

 

Anúncios

Sobre Abimael Jr

Cristão evangélico pentecostal, membro e presbítero da igreja Assembléia de Deus. Doutorando em Engenharia Mecânica. Tentando falar um pouco sobre Deus, Jesus Cristo e nossa vida cristã diária. Mas também falando de vários outros assuntos como Tecnologia, Política, Sociedade, Cidadania, Sexo, Tabus e até do tempo (será que vai chover hoje?).
Esse post foi publicado em Sem categoria / Uncategorized, sociedade e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s